top of page

OZONIOTERAPIA

ozonio1 copy.png

Você já ouviu falar na camada de ozônio? A camada de ozônio nos protege do Sol e, sem ela, não haveria vida na Terra, pois os raios solares queimariam todas as plantas.

Ou seja, o ozônio faz parte de um sistema natural de auto-limpeza do nosso planeta.

A aplicação do ozônio na saúde das pessoas é antiga! Os primeiros relatos foram na 1ª Guerra Mundial (1914-1918), onde ele foi usado para tratar as feridas dos soldados.


De lá pra cá, a ozonioterapia foi ganhando força e foi implementada no SUS em 21 de março de 2018, como nova prática na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde.


O ozônio aumenta o nível de oxigenação das células, tem ação antiinflamatória, analgésica, anti-viral, anti-bactericida, fungicida e um alto poder de cicatrização.


Além disso, estimula a produção de colágeno e é usado na prevenção e tratamento de doenças como diabetes, hipertensão arterial, infecções, doenças auto-imunes como o Lupus, colites e outras inflamações intestinais, hérnias de disco, protrusão discal, dor lombar, dor cervical, dor nos joelhos, dores articulares decorrentes de inflamações crônicas, doenças virais como hepatite e herpes.


Atua como coadjuvante no tratamento do câncer, reduzindo os efeitos colaterais da radioterapia e da quimioterapia.

bottom of page